Categoria

Londres

EMBARQUE IMEDIATO Londres

RADAR LONDRES 2017

Com um amigo muito querido estudando em Londres, meus radares de blogger interessada denunciam e entregam dois restos do momento, daqueles da moda, para ver e ser visto. Anota aí:

Sexy Fish
sexyfishinterior-large

sexyfishmain-large

jpg_1444903962

  • Mnky (Que todos leem como Monkey House)

bslide5

MonkeyHouse1

EMBARQUE IMEDIATO Londres

LONDON SO HOT RIGHT NOW – Chiltern FIREHOUSE, Marylebone

firehouse 2

Caríssima, artística e mundana, mas sempre eletrizante, Londres foi a cidade escolhida pelo hotelier mais cool do mundo, André Balazs, para seu primeiro hotel fora dos Estados Unidos. E o buzz já estava no ar, antes mesmo do Chiltern Fire House abrir suas portas – apenas 26 suites – este ano.

firehouse 3

Seu restaurante é o “talk of the town” e o lugar para ir jantar em Londres agora. (Caso você consiga reserva, mas sempre se pode arriscar o bar como uma forma de aproximação…) Aquela ali que passou parece alguém? Seria Kate, Alexa? Pode apostar que sim. Ah, e se prestar atenção na comida, dizem que é fantástica.  A aura de estilo do lugar envolve tudo. E todos.

firehouse

EMBARQUE IMEDIATO Londres

FASHION INSIDE CHANEL BOND STREET LONDON por Simone Oliveira

chanel londres 2

chanel londres 4

Antes de ser fã da Chanel, Simone Oliveira é uma admiradora da mulher por trás do mito. Coco, antes de Chanel, a visionária francesa de origem humilde que se tornou um dos mais desejados simbolos do luxo hoje. Um conceito intangível que poucos souberam definir como ela própria: “Luxo não é o contrário de pobreza. Luxo é o oposto da vulgaridade.”

chanel londres 3

chanel 7

“Uma das lojas mais  bonitas e completas da Chanel, abriu ano passado em Londres, na Bond Street. Mesmo sendo a maior Chanel do mundo, ela possui um clima acolhedor, e nos remete a toda história da Chanel. Para nós, apaixonadas pela vida dessa guerreira, é como entrar  num universo impregnado por sua mística.”

chanel londres 5

chanel 9

“Me sinto em casa lá, talvez pela hospitalidade e atenção da estilosa francesa Sandrine, gerente geral.”, nos confidenciou nossa fashion insider de hoje, a empresária catarina, Simone Oliveira.

chanel londres 6

chanel londres 1jpg

chanel 8

EMBARQUE IMEDIATO Londres

TOP HOTÉIS LONDRES The London Edition

Antes mesmo da sua inauguração em Outubro do ano passado, o The London Edition, já era o “talk of the town”, cercado de curiosidade e expectativas, para logo ser eleito um dos melhores hotéis abertos em 2013. A Edition Hotels é a nova grife hoteleira de Ian Schrager, um visionario interprete do espirito dos tempos, mentor do iconico Studio 54 e do conceito de hotel boutique, em sociedade com o grupo Marriott. O que esperar? Decor e ambientação de tirar o fôlego, bares e restos fervidos, povo da mídia e da moda e serviços exclusivos. A proposta aqui é de oferecer um microcosmo do que de melhor cada cidade tem a oferecer. Temos The Edition Instambul e ainda este ano o de Miami, mas  as edições futuras  incluem NY, Paris, West Hollywood, Bangkok, entre outros.

loneb_phototour12

loneb_phototour17

loneb_phototour15

Mesmo que você não se hospede lá numa próxima viagem a Londres, reserve uma noite para se surpreender com um lobby impressionante, uma das salas de jantar mais bonitas da cidade – Berners Tavern e bares vibrantes com uma energia sedutora. Tem ainda um clube, Basement, para os notivagos empolgados.

Untitled-1

edition-lobby2 Passado e presente se encontram na extravagancia da Belle Epoque com a escultura espelhada de Ingo Maurer.

foto 1-2  The Punch Room, com uma atmosfera  dos londrinos clubes fechados com biblioteca e lareira, é um lugar intimista onde são servidos exoticos ponches que podem ser compartilhados em lindos bowls de prata.

big_e4d-hotel_London_Edition__10_

London-Edition_Rest-630x471 Berners Tavern Restô #temqueir do momento em Londres, nas paredes coleção  de arte particular e o teto extraordinário restaurado da construção original.

EMBARQUE IMEDIATO Londres

Londres 2013 FRESH FOOD, SHARING FOOD&Foodhalls

Fim de verão e inicio de primavera em Londres, dias lindos, faz calor, mas, de repente, pode chover e fazer frio. O tempo imprevisível ficou previsível em todo canto. E se você não fala inglês ou tá meio complicado traduzir esses menus fusion, sempre tem alguém servindo da língua pátria: brasileiros, portugueses ou as moças simpáticas de Cabo Verde.

As vitrines invernais dominam do fast ao high fashion, cada uma com suas próprias propostas. A diversidade está lá como em cada esquina. De geral, vejo casacos longos e botas passando do joelho, o preto e o cinza onipresentes, bolsas diminuindo de tamanho – a não ser pelas elegantes working bags, e saias midi, plissadas, rodadas nas revistas. Nas flagstores das top grifes são as árabes que dominam a cena$$$$$.

food londres

Mas o que mais me chama a atenção é a forma que a comida é tratada e apresentada por aqui. Nos restos, sugestões de pratos em pequenas porções sempre para compartilhar chegam a mesa impecáveis. Os foodhalls das lojas de departamento deixam qualquer um extasiado, com seus produtos de embalagens elegantes ou criativas. Uma M&Spencer em cada bairro com tudo fresco para levar e comer na hora, desde frutas, vitaminas e sanduiches com sabor de verdade. No mais badalado e lotado resto o serviço é rápido, eficiente. Os mercados de comida são outra atração a parte. Peixe e frutos do mar no gelo, para você escolher em vários  lugares. A comida fresca e orgânica são reverenciadas e expostas de uma maneira charmosa, bacana. Essa é a melhor tendência que quero ver no Brasil.

EMBARQUE IMEDIATO Londres

ONDE BEBER&COMER LONDRES 2013

SUSHI SAMBA LONDON 4

SUSHI SAMBA LONDON 3

Se você quer um lugar moderno que tenha além de boa comida, vibração e uma das vistas mais incríveis de Londres, vale muito a pena experimentar o Sushi Samba. Fomos em quatro e fizemos quase uma orgia gastronômica… Imperdível: sushi samba rolls, trio de ceviche, tempura de grean beans e drinks exóticos.

SUSHI SAMBA LONDON 2

SUSHI SAMBA LONDON 1.2

Por que é Bom? – Um bar no terraço descontraído com direito a fogo e ate uma DJ linda como a Natalie. – Cozinha de sabor singular, ate depois das 23hs, com um mix doido de japonesa, peruana e brasileira. Tudo para compartilhar. – Da para ir sozinho, em casal ou turma. – Frequencia eclética e animada.

EMBARQUE IMEDIATO Londres

LONDRES PARTICULAR 2013

Ou para principiantes… Em uma metrópole tão cosmopolita quanto Londres, as mil possibilidades podem gerar centenas de dúvidas… temos poucos dias, o valor da libra é indecente e não queremos (nem podemos) errar. Pesquisei bastante e recebi dicas super-válidas de amigos que me fizeram encontrar o pulso da cidade  e me encontrar mais rápido. Nem tudo deu para experimentar (acho que preciso de mais alguns meses por lá, hehehe) e só vou citar o que foi testado de verdade. Aí vai um pouco da “minha” Londres:

Lunch

londres burguer and lobster

  • Burguer and Lobster – burburinho, na moda do “posh junk food”, só serve lagosta, lagosta no pão ou hambúrguer, fui de lagosta com molho de manteiga e limão com fritas, perfeito!

londres balthazar

  • Balthazar – aberto a pouco tempo, dá para matar a saudade de NY em Londres, no coração de Covent Garden e bom pra dar um start e se localizar, peça pelo tradicional entrecote.

londres cecconis

  • Cecconis – clássico-chique, para ir durante as compras pela New Bond St., pedi o spaguete de lagostine, maravilhoso!

Dinner

DICA: Londres embora noturna na aparência, tem hábitos tradicionais e janta-se cedo. O auge dos restaurantes é das 8h às 9h30. Não esqueça de fazer reserva, fiz as minhas pelo toptable ainda no Brasil, e alguns horários já estavam difíceis de conseguir.

londres hakassan

londres hakassan 1

  • Hakassan de Mayfarre – asiático maravilhoso, para experimentar varias opções e compartilhar, ambiente escuro e elegante, mas sem muito auee.. mesmo (upstairs) onde dizem ser mais agitado.

londres coya

londres coya 1

  • Coya – Já falamos por aqui, tá na moda, a comida é peruana, ceviches e espetinhos maravilhosos em pequenas porções para compartilhar, o ambiente tem um ar medieval, com máscaras coloridas na parede, bem diferente.

londres novikov 2

londres novikov 1

londres novikov 3

  • Novikov – lindo! Tanto o italiano quanto o asiático, mas o asiático é mais agitado, italiano achei mais casais. Jantamos no asiático, a iluminação foi diminuindo e a música aumentando como um convite para a babadinha do andar de baixo. Peça pelo martini de lichia, crab tempura e batatas com trufas. Vale descer para tomar um drink e conhecer já que a decoração é bem bacaninha.. Mas o clima é , hum… digamos que está mais para rico/predador do que para jovem/cool.

londres Boundary

londres shoreditch

londres pizza east 1

londres pizza east

  • Para uma noite alternativa e moderna, siga para Shoreditch, termine a tarde no rooftop do Boundary  (projetado pelo Terence Conrad vale a visita, faça reservas mesmo que para tomar drinks).. O bairro é descolado, muita gente bonita, estilosa e jovem passando pelas ruas, bares e restos. Depois jante no Pizza East (uma delicia e bem buchichado). Se tiver conexões, feche a noite no Shoreditch House, um club privé concorrido entre os  hipsters londoners.

Party

  • Elas começam cedo, vá pela 11h30. Fim de semana ainda são os dias quentes para badalar, mesmo nessa grande metrópole. Anda uma febre de black music… Melhor se informar o dia, todas tem um dia de black e o público muda bastante.
  • A mais in hoje é a Loulou’s, mas é um clube prive, tem que ser sócio ou indicado para entrar.
  • Boujis é um clássico que nas noites certas vale a pena.
  • Whisky Mist – bonita, pequena e um publico mais cool.
  • Cirque Du Soir – já falamos aqui em maiores detalhes, diferente, vale conhecer.

Shop

londres jo malone

londres jo malone 1

  • Tire um dia para andar pela Sloane St, começando pela Harrods e Harvey Nichols, depois não deixe de passar na Jô Malone dessa região. Eles tem um Tasting bar de fragrâncias e oferecem uma massagem nas mãos deliciosa, mimo aceito e curtido ate a última vaporizada da fragrância  escolhida.
  • Outro dia para andar toda a Oxford St. E acabar na Selfridges.. Mas antes de se perder pela Selfridges, caminhe pela Marylebone High St, com varias lojas bacaninhas e bem londrinas, as mesmas que você encontraria na Shelton St. e outras tantas diferentes, como o Conran Shop para quem curte decor e achados do universo kids. Ali também tem vários bares e restos, então se for hora do almoço ou happy hour aproveite. Ou vá cedo e tome café no Le Pain Cotidien. Tá, talvez seja preciso dois dias, se considerar a Regent e se perder pela Liberty.

londres friends 1

londres friends

  • Reserve o sábado para Notting Hill, dia que acontece a feirinha. Ande pela Portobello Road, Ledbury St e Westbourne Grove, vá ate a conceituada multimarcas Joseph, e descubra a loja de decor do mercadinho orgânico logo na sequência. Uma boa pedida é almoçar no Electric Brasserie, que reabriu as portas recentemente depois de um incêndio e tem os garçons, todos italianos.. mais lindos de Londres. De sobremesa, que tal um cup cake red velvet, sugestão de um amigo, mais que aprovada, na The Humminbird.
  • Arranje ainda uma tarde para andar pela New Bond e arredores. E não deixe de conhecer a Dover Street Market, loja de multimarcas modernosa com estoque de bolsas maior que as de departamento!

Depois desse circuito fashion descontrol, bombardeada de coi$as “desejantes” a cada esquina, você está preparada para voltar para casa aliviada por não morar por aqui em conflito constante com o limite do cartão.

EMBARQUE IMEDIATO Londres

LONDON BY NIGHT Cirque du soir

cirque du soir london 4

Muitas foram as indicações para conhecer esse clube, mas, confesso que, depois do fiasco da The Box, fiquei arredia com esquisitices. Então chega o ultimo dia, a lembrança do primeiro quase outra vida, a turma brasileira ganha reforços, e recuperada, me senti tentada a conhecer o Cirque du Soir , se não para me divertir, pelo menos como uma jornalista investigativa da noite londrina.

cirque du soir london 1.2

Sorte a minha! O clube é um parque de diversão, tudo uma grande brincadeira, uma espécie  de volta a infância. Claro que estamos falando de um playground adulto, então um pouco de malicia é natural.

cirque du soir london 2

Na boate há diversos palquinhos no meio, nada intocável ou distante, pode-se inclusive bater foto junto as performances. Um ar de circo retro com malabaristas, mulher barbuda e palhaços. Pela pista circulam anões e gigantes em fantasias brincando e divertindo o publico. No caminho para o banheiro maquina de pipoca, algodão doce, tenda de magico, cartomante e gaiolas.

cirque du soir london 3

O publico, no dia em que fui, era bonito e jovem, todos animados, se divertindo muito. O dono Tim, muito educado e bacana, nos convidou para ficarmos em sua mesa. Uma semana antes,  Rihanna e Cara Delevigne se jogaram juntas até altas-horas por lá. Se você estiver em Londres, experimente, decididamente vale a visita, leve, alegre, lúdico, como a noite deve ser…

cirque du soir london 1.3

EMBARQUE IMEDIATO Londres

DIÁRIO DE VIAGEM Londres, 25 de Julho, 2013 DESIGN CENTRE CHELSEA HARBOUR

Design Centre Chelsea Harbour

Essa foi uma dica da mãe do James, meu amigo inglês, e também de uma professora do meu curso de decoração. O Design Centre Chelsea Harbour é um shopping pequeno, em Chelsea, com tudo para revestimentos, carpete, iluminação, pegadores, tecidos, banheiros, móveis, e Lojas como Armani Casa, Fendi e Missoni Home. Para quem lida com isso no trabalho vale muito a visita. Se você está pensando em construir, reformar ou dar uma renovada no visual de um ambiente é um lugar bem interessante e dá uma geral das mil possibilidades do que tem no mercado hoje, outra coisa interessante é ir atento as diferentes possibilidades e maneiras que as coisas são feitas por aqui, por exemplo: para as cortinhas ficarem com aquele aspecto classudo e imponente, volumosas, eles usam espuma entre o tecido da frente e o de trás, acredito que isso faça inclusive as vezes de blackout. No geral as lojas solícitas, dão amostras de tudo que você desejar, não implicam tanto com fotos e são mega-pacientes.

Design Centre Chelsea Harbour – Lots Road, Swlo OXE.

EMBARQUE IMEDIATO Londres

Diário de Viagem, primeira noite LONDON NIGHTS: THE BOX

the box london

De fora o The Box se vende como um clube de fetiche burlesco. Meu irmão conheceu o de NY assim que abriu alguns anos atrás e achou a noite interessante. Em Londres, o The Box abriu em 2011, fazendo muito barulho pela freqüência famosa e bonita, embora a critica tenha caído tão pesada quantos suas performances. Mesmo sabendo que lugares menores como o Boujis são mais meu estilo, estou em Londres e também quero ver coisas diferentes. Bem, diferentes… o que não significa bizarras. Dizem que o The Box é uma das melhores noites de Londres (!?), concorrida e difícil de entrar, para quem tem humor e cabeça aberta.

Fui na sexta, indicado como o melhor dia, com amigos ingleses que também nunca tinham ido lá (esse foi o primeiro sinal de perigo). O The Box fica em uma área conhecida como sex área, vizinho de diversos sexshops. Nenhum sinal na porta de madeira meio medieval. Assim que você passa pelas grossas cortinas de tapeçaria se depara com um hall de carpet vermelho com uma mesa no centro. Ali estão três hostess: uma de lingerie preta com espartilhos, outra com com uma hotpant e bustie em seda preta (essa que te leva para os outros andares) e a ultima bem magra, quase andrógina, de calcinha clara com um enorme colar mas que não cobre por completo os seios a mostra. Estava mais preparada para um cabaret chic, nunca para a “performance” que veio depois. Nossa mesa era no terceiro e ultimo andar, o bar e todo o club tem um aspecto de boêmia ancestral, tapeçaria, tons de vermelho, velas, madeira, sofás de couro marrom desgastado e o ar muito, muito quente, daqueles lugares que fazem a pressão descer lá no pé – Sim, você sente e respira outra atmosfera (perigo, sinal 2).

No área do bar tem um pessoal mais calmo, descontraído, vez ou outra um travesti circulando e pole dance para quem se habilita. As mulheres vestem vestidos, na maioria justos, salto alto e alguns looks com brilho. A garçonete é bastante simpática em um vestido justo com a parte da saia rodada em preto&branco, quase aparecendo a bunda. Ela vem com shots ou como eles falam crack baby ou money shot e bebe com a gente.

Os shows acontecem à 1h e 2h da manha. Como tinha ouvido falar em burlesco, imaginava algo sexy, provocante, mas com graça e humor. Então, deu 1 hora e descemos para o segundo andar, the dance floor. A pista estava cheia, e na frente da pista um palco com o que só posso definir como freak show. Na minha frente estava um homem caracterizado como mulher, nu com seios grandes. Me senti meio tonta procurando uma duble da Dita Von Teese por detrás da cortina, enquanto a criatura bizarra despejava bebida em uma taça de martini fazendo-a circular por entre as nadegas. Nada excitante ou cool, muito pelo contrario. Mau-gosto também pode custar caro, mas isso eu já sabia. A política para câmeras e afins é bem rígida, que alivio! Acho que o insta não precisa de um hashtag repulsaaosexo.

EMBARQUE IMEDIATO Londres

DIÁRIO DE VIAGEM, 19, julho, 2014, primeiro dia ONDE FICAR EM LONDRES: THE NADLER SOHO HOTEL Um hotel inteligente!

Três princípios me guiaram na escolha do meu hotel em Londres:

  1. Valor da Diária no maximo até 200 libras.
  2. Localização: no pulso de Londres e próxima a minha escola, a Saint Martins. Fico sozinha alguns dias e não queria me isolar em um lugar calmo.
  3. Estética:de preferência, um hotel moderno e clean. Com um detalhe crucial de bem-estar: roupa de cama e toalhas boas.

nadler 9

nadler 8

nadler 10

Depois de um dia de pesquisas na rede, encontrei o The Nadler Soho Hotel. Gostei muito do que vi na internet, mas, como a gente nunca sabe, vim sem expectativas. E, para minha surpresa, o Nadler conseguiu ser melhor do que o descrito. Se pudesse sintetizar em uma palavra esse hotel, seria inteligente: a recepção é minimalista, mas casual, te deixa a vontade com um atendimento que mescla o caseiro com a polidez britânica, sempre prontos a ajudar, inclusive com reservas e tal.

nadler 4

nadler 5

nadler 6

nadler 1

nadler 3

nadler 2

nadler 7

No quarto, internet free ilimitada, água filtrada, jornais virtuais em varias línguas disponíveis de graça na TV, adaptador para tomada (quando esqueço o meu fico de mal comigo na hora!). O café da manha é entregue no quarto por um dos charmosos cafés da vizinhança por apenas 8 libras se solicitado (humm, da para variar…). Oxford Street é vizinha, mas para conforto dos hospedes, a pequena rua do hotel é super-tranqüila. Uma coisa que gostei muito é que o Nadler oferece quartos para viajantes sozinhos: pequeno e cama de viúvo. Essa foi minha escolha e não poderia estar mais feliz… Meu quarto fica no andar térreo do hotel e da para ver quem passa, uma sensação de morador, sabe? Quanto aos lençóis, toalhas, amenities&cia, tudo perfeito e olha que disso eu entendo.

EMBARQUE IMEDIATO Londres

PIC-NIC INGLES EM LONDRES

Pic nic londres

Parte do blog vai fazer um curso de decoração em Londres mês que vem e já esta em ritmo de pesquisas das coisas bacanas para entrar no espirito inglês. Vai ser verão e nada como um programa ao ar livre em um tipo de lugar que é dificil bater Londres: seus parques. Difícil é escolher qual, o da nossa amiga baiana Sandy Najar que inspira esse post de hoje e’ o St. James Park. Pensou em algo mais local? Que tal Belsize Park, onde Londres fica mais próxima do country side e a vizinhança inclui Kate Moss e Jude Law? Mas a cesta de pic-nic tem que ser da Fortnum&Mason que atende a realeza desde 1707 e já é uma parada histórica na capital inglesa.

EMBARQUE IMEDIATO Londres

DO MOMENTO: ONDE JANTAR AGORA MUNDO AFORA: LONDRES a PEQUIM

Hoje as dicas vem de top experts da revista Travel+Leisure – Comida, esse tema que adoramos, é o foco da ultima edição. “Como mergulhar no coração de uma cidade? Ou, refazendo a pergunta: onde está todo mundo comendo nesse momento? O restaurante do momento é mais do que um lugar para fazer uma refeição, é um microcosmo de uma cena” Aqui, alguns restos onde as pessoas são tão bonitas quanto a comida:

top restos coya

LONDRES Coya: É a ultima novidade, cozinha peruana no chique bairro de Mayfair do mesmo dono do Zuma e Arts Club frequentado por uma turma in e galera artsy. ( coyarestaurant.com)

top restos da_cesare

ROMA Da Cesare: No bairro residencial de Monteverdi, é aclamada como a melhor trattoria da Cidade Eterna.

top restos juvia

MIAMI Juvia: Esse resto badalado num terraço da Lincoln Road a gente já postou por aqui.

top restos bar strelka

MOSCOU Bar Strelka: Se a noite não for das mais frias, a elite cultural se encontra no deck em cima do Instituto Strelka (Mídia, Arquitetura&Design).

top restos southern barbarian

PEQUIM Southern Barbarian: Em Baochang Hutong, um dos destinos da vida noturna, a cozinha original do sudeste da China.

EMBARQUE IMEDIATO Londres

LONDRES COM CRIANÇAS, por FE Schramm SÁ

A prima Fe, casada com tenista (o muito gente boa Andre Sá), e mãe da precoce globetrotter Carolina de 6 anos, tem mestrado em viajar com criança pequena. A Carolina carimbou o passaporte com meses. Um dos lugares que elas adoram – onde o mais chique Grand Slam acontece – é Londres. Hoje ela divide com a gente um pouco da sua rotina inglesa:

Primeiro, fico há 15 anos na mesma Rua de Londres, que e a Gloucester Road, lá tem bons hotéis e vários restaurantes (nada sofisticado) legais para ir com crianças… como toda vez que fui foi com a minha pequena (desde que ela tem 2anos) prefiro ficar em um apart hotel, por que é mais simples se ela quiser comer algo, e tem sempre sala e quarto separado, o que da mais espaço para ficar com uma criança, o que eu indico fica ali, se chama Avni Luxury Apartments (N1 Harrington Gardens esquina com a Gloucester), consigo fazer tudo nessa rua, tem um super muito bom junto à estação de metro (que fica na quadra ao lado do hotel) chamado Waitrose (só produtos legais), tem também o Paul (aquela franquia francesa de padaria) que tem uns sandubas para eventuais fomes fora de hora… o Ask um restaurante Italiano que também fica na quadra tem um Kids menu ótimo!! Alias esse é um ps: a comida Inglesa que a uns anos atrás era um pouco estranha (para não dizer ruim) melhorou muito, e agora as crianças são bem vindas aos restaurantes mais sofisticados.

Vamos para o que fazer com nossos pequenos…

Nessa rua que eu fico, em 10 min caminhando (nem isso) eu chego aos três museus mais legais de Londres * Natural History Museum * Science Museum e o * Victoria e Albert Museum, os dois primeiros são imperdíveis, o de Ciência tem mais atividades para crianças menores (tem uma área destinada para elas), ambos são enormes indico um dia todo para eles (tem varias lanchonetes gostosas dentro).

Tem que levar os pequenos em pelo menos 1 peça de teatro, a Carolina foi a 1x com 3 anos e ficou hipnotizada por 2 horas no Rei Leão
(maravilhoso), tem também o musical Matilda e o Shrek. Depois, ou antes, pode passear por Convent Garden que fica bem pertinho da área dos teatros!! Alugar aquelas bicicletas também é bem legal, (se você tem fôlego e disposição) o melhor parque que eu acho é Kensington Gardens onde a princesa Diana morava, tem também o Holland Park que é muito bonito. Fazer um piquenique em qualquer um deles é uma delicia.

A London Eye um pouco demorada para crianças agitadas ou mães com claustrofobia, kkkkk. Para crianças com mais coragem a Tower of London é legal… com suas prisões e coisas do gênero medieval, não sei se ainda tem, mas tinha uma atração com pessoas pintadas de sangue para remeter aos prisioneiros do lugar, coisa para adolescente. O London Aquarium é muito lindo, acho imperdível. A nova atração de Londres e o Harry Potter (mundo magico) não conheço, mas parece legal para os pequenos que já viram o filme.

Eu adoro passear na King’s Road com a Carolina, ali podemos aliar umas comprinhas com um pouco mais de tranquilidade, bem diferente da Oxford e da Regent Strett, mas não pode se ir a Londres com crianças e não visitar a Hamley´s que e uma lojas de 4 andares só de brinquedos, e todos os dias tem leitura de historias com fantoches. Depois, na esquina, fica a Carnaby’s Strett que logo na entrada tem um restaurante de hambúrgueres muito bom!! A Carolina amou… e ali é calçadão então mais tranquilo de passear, cheio de lojinhas boas. PS: a Carolina amaaa ir na TopShop grande da Oxford, mas eu acho que é porque ela é menina e adora um salto alto, kkkkk.

Agora uma dica para os papais, restaurante Cambio de Tercio (Old Brompton Road) espanhol delicioso!! Atendimento perfeito!! E, o melhor Japonês atualmente em Londres é o Yashin (Argyll Road, Kensington) precisa reservar!!!