Categoria

Best Buy

AS ARAPUCAS DA SURPRESA

LEGO-Minifigures-Series-14-Werewolf-Comparisons-1024x683

Nem é necessário ostentar título de pai. Se você convive com crianças diretamente,  já deve ter sido desafiado pelas estratégias inescrupulosas do comércio de brinquedos infantis.
É um mercado criativo esse, não sou imune, muito pelo contrário, sempre fico embasbacada com a variedade de opções e me comporto irracionalmente, como se não tivesse tido infância.
Acontece que é um mercado impiedoso também, povoado pelas criaturas licensiadas da vez que,não satisfeitas em consumir seus neurônios   e paciência abduzindo os  rebentos diante da tv, almejam dominar territórios do mundo adulto, como gôndolas de mercado (aquelas inescapáveis perto do caixa) e bancas de revista, através de pacotes de figurinhas e ovos-surpresa, transformando cacarequices numa questão de vida ou morte infantil, caso seu pequeno anjo “tenha personalidade”, como hoje alguns chamam crianças que precisam de uma enquadrada, birrentas ou mal-criadas.
Agora, o que agride meu avatar kidult para o sério e ativa minha indignação, razão deste post, foi a criação dos saquinhos-surpresa colecionáveis.
Os da vez aqui em casa, são as fofas miniaturas de lego série Halloween-confesso que tenho um fraco imaturo por esses leguinhos, o que me revolta ainda mais! Como explicar a falta de logica  para uma criança de 4 anos? Que não, não podemos comprar o estoque todo da loja a cata do Lobo Mau Lombisomen, e que mesmo se pudéssemos comprar ,correríamos  o risco de não encontrá-lo? É dessas espertezas pra vender das mais irritantes. Com tantas propostas de leis absurdas, me admira um deputado não tentar intervir. Ai, me esqueço que quando o negócio é bom, eles querem mais é virar sócios dessas armadilhas  consumistas.
Por sorte, podemos contar com a Tiny Toy do Atlântico (os donos  devem ter filhos pequenos, bom-senso ou são gente como a gente, de saco cheio dessas invencionices pega-trouxa). Lá, a criança olha a cartela da coleção das minicriaturinhas e escolhe de acordo com o seu gosto e do que tem disponível, já que eles mesmos marcaram os frustrantes saquinhos. Surpresa sem susto que polpa criancês e nosso bolso.

É UMA BICICLETA OU UM CARRINHO? TAGA BIKE STROLLER

pic1

A gente sempre se depara com invencionices destinadas a pais modernos que tiram um sorriso do nosso rosto de imediato. Ver a Taga Bike Stroller em ação, é diversão a primeira vista. Uma mistura de bicicleta com carrinho de bebe para crianças de 6 meses a 6 anos (25kg), que também pode se transformar em somente carrinho. O design caiu nas graças de países cuja as cidades se planejam para uma mobilidade urbana convidativa e funcional. Deve ser muito legal e bem seguro, compartilhar com os pequenos essa sensação.

Vejam o video, é bem bacana. Claro, que passar para o modo carrinho talvez não seja tão fácil como o mostrado… mas vai dar aquela vontade de experimentar um passeio. Tudo a ver com a vibe da nossa praia na cidade. Que bom que temos tantos designs interessantes pensando nas mamães.

Espero que algum gênio da economia nacional, consiga valorizar nossos “reai$’ para tornar  esses incríveis objetos do primeiro mundo  mais reais pra gente.